Lilypie Joana

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Diogo

Lilypie Third Birthday tickers

domingo, 2 de dezembro de 2012

6 cm de gente


Na sexta-feira nova ecografia, quase 13 semanas. Vimos um lindo e pequenino bebé com 6 cm, muito perfeito. Tudo no lugar e não falta nada. E cheio de energia. Estive novamente perante o milagre da vida, ali numa tela a preto e branco. Fantástico.

A expectativa era grande com um pouco de ansiedade desde o dia anterior. Na 1ª eco não se distinguia nada e fica-se a pensar mais coisa, menos coisa "o que é que vai sair dali".
É incrível a diferença de sensações entre um filho e outro. Por um lado não há tanta surpresa, é tudo mais normal (como se trazer um filho dentro de nós o pudesse ser!), mas confesso que me preocupei mais se estaria tudo bem (ainda que não me demorasse muito tempo nisso). *
Da primeira vez, ainda que se saiba das dificuldades, é como quem vai ao engano do perfeito e maravilhoso, ainda não se viveu. E eu sabia, porque sabia que ia correr bem!
Agora, ainda que me mantenha positiva, estou consciente e sei bem o que há a perder, que não sou mais nem menos que ninguém.
Vá, mas depois do que vi e senti hoje, só pode correr bem!

A médica, após muito procurar, suspeita que seja um menino. Ficámos muito felizes! Só há uma menina que não vai ficar lá muito...
Continua muito carinhosa com o bebé.

A gravidez tem corrido bem, também muito diferente da 1ª.
Andei  enjoada 2 semanitas, nada de chegar ao gregório, mas com um nó na barriga. A médica recomendou que comesse, já que o problema está essencialmente associado à hipoglicémia. E melhorou, é facto. Agora olho para a comida e não me apetece. Comidas com molhos, cheiros fortes, não consigo. Não tenho propriamente desejos, mas apetece-me comida caseirinha e coisas específicas de repente: laranjas, queijo com marmelada, pão fresco, arroz de nabiças, azeitonas, mc donalds (não me perguntem como não me enjoa...). Tenho preferência por preferir algo que tenha em casa, que isso de sair fora de horas não dá...
Sono, muito sono, felizmente só à noite e ao acordar (e ao domingo se comer muito em casa da minha mãe).
Prisão de ventre, sim. Com a Joana foi só mais para o fim.
Azia, nickles, o que agradeço.
Mamocas doem que se farta, tem sido dureza literalmente. Costas idem, dispensava.
Ou me deu para a esquisitice, ou quero tudo o que tenho direito, ou é da idade (ou é um mix).

Ah e engordei 3 kg em 1 mês, vá lá que voltei apenas ao meu peso normal, mas é melhor refrear...


Eco 13 sem


(* e a razão principal era já termos contado à Joana)

4 comentários:

Mara Quinta disse...

Coisa boa! Eu acho que mesmo sendo o segundo ou terceiro filho as ecos são sempre uma emoção enorme :)
E tens sorte... tu engordaste 3 kg, eu perdi 3kg... Andei 2 meses e meio a vomitar praticamente tudo o que comia e bebia... agora está melhor, mas ainda tem dias. Ossos do ofício!
É giro andarmos a par e passo :)
Beijocas e tudo a correr bem!

Andreia disse...

É uma emoção a eco, mesmo. E estando mais consciente e com casos que correram mal, como o teu, contado na 1ª pessoa e em detalhe, dá um nervosinho!
É espectacular andarmos novamente a par e passo! Em 2 filhotes, mas no 1º não te conhecia e a Rita veio no meio ;)
É mesmo giro!
Tudo a correr bem! ;)

Andreia disse...

Com os enjoos é mesmo sorte! Da Joana então não tive nada, mesmo!
Coisas de realeza pá, não vês a Kate? ;)

Andreia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.