terça-feira, 15 de maio de 2012

A festa


O dia passou no infantário. Ainda hesitámos entre ficar em casa, para aproveitá-lo comigo e a fazer "o que lhe apetecesse" ou ir e aproveitar o dia com os amiguinhos. Acabámos por optar levá-la, já que era, por um lado, uma oportunidade para passar um dia "bom" de escola e por outro a única festa com crianças pequeninas como ela. (Somos apologistas de festejar no próprio dia, pelo menos enquanto ela não pedir uma festa mais infantil, logo complica reunir toda a gente.)
Perguntei se queria ir e respondeu que sim, sabia que era a "rainha" do dia, com direito a muitas surpresas.
Fiz o bolinho do Peixe, "cópia descarada" do blog da amiga M. e não me saí nada mal! Ficou muito fofo e gostaram muito. Teve direito aos Parabéns à chegada e à sua coroa. Ao lanche fizeram festa de novo e soprou as velas.

Passei o dia entretida com os preparativos para o jantar, tentando afastar os pensamentos de "há 4 anos estávamos tão juntinhas e agora não, ai meu Deus como cresceu e agora está na escola e provavelmente daqui a 10 nem vai querer festejar connosco".
A festinha correu bem, estiveram cá os tios, primas, avós e bisavós da Joana. O bolinho era do Gombby e ela adorou, são os seus desenhos animados preferidos. Foi feito pela querida Ana Soares, dos Docinhos da Ana, que nestas andanças (ainda) não me meto. ;)



Joana, à hora em que nasceste, às 15h certas, troquei com o papá mensagens lindas sobre o quanto és o nosso maior sonho realizado, o nosso maior projecto em conjunto, a aventura e desafio mais alucinante. Sermos teus pais é a nossa mais bela e nobre missão na vida. E tão gratificante!
Queremos que sejas muito feliz e faremos tudo o que for possível para que tal se concretize.
Ser tua mãe é tudo, é um privilégio, a maior benção que podia ter!
Amo-te muito! Infinitos mil e um! ;)




(o dia também foi de choro e birras, na escola e em casa. Quando a educadora disse que ia comer o bolo todo. Quando recebeu a bicicleta, em vez de ficar contente reclamou pelo capacete, o que me deu vontade de transformar a bicicleta num avião pela janela. Passou tudo à hora do jantar, felizmente. São aqueles episódios para mais tarde não recordar de tanto que doem... que passem rápido...)

1 comentário:

Mara Quinta disse...

Lol! Eles são sempre reis e srs das birras e o dia de anos não é excepção... :)
Os bolinhos estavam muito giros e safaste-te muito bem com o peixinho.
Beijinhos