Lilypie Joana

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Diogo

Lilypie Third Birthday tickers

quarta-feira, 20 de março de 2013

Preparativos para a chegada do Diogo


Nos últimos fins-de-semana tinha começado os preparativos para a chegada do Diogo. O tempo passa muito rápido, tinha a percepção de que estava a ficar pesada e com a barriga grande e de que me canso nos esforços, logo havia que aproveitar esses bocadinhos, que durante a semana é a sempre correr. Na gravidez da Joana, tinha deixado mais para o fim, depois tive ordens de descanso e foi mais complicado.
Pelos vistos agora com este alerta amarelo, foi o que fiz melhor...

Fui buscar as roupas que tinha emprestado à minha prima, que me já me enviou também as de recém-nascido dos gémeos e as das outras primas (de gémeas também!). Sabendo do "stock", tinha comprado muito pouco, apenas uns baby-grows para usar nos primeiros dias. Para os 1ºs meses não se justifica mais, ainda que tenha que separar os rosas! Os interiores é que estão em falta.
Comprei alguns acessórios, como chupetas, fraldas, sabonete, discos de amamentação para as 1ªas impressões.Já tinha começado a organizar o quarto da Joana. Espaço não falta, mas a arrumação sofria do efeito "bota para lá" nos brinquedos e roupas antigas.Agora tenho o escritório um caos, num entra e sai para os arrumos (e à espera de caixotes ikea para embalar...).

A Joana está mentalizada para partilhar o quarto e até é bom as coisas para o Diogo irem fazendo a sua "ocupação" devagarinho. Já viu a alcofa, achou muita graça ter sido dela e prontificou-se para emprestar ao mano, embora "acho que ele não vai gostar disto cor-de-rosa" (alças).

Na próxima fase, tenho que fazer a revisão dos acessórios e ver o que me podem emprestar novamente. O muda-fraldas, esterilizador e a banheira, por exemplo, eram das gémeas. Na família (finalmente!) andamos muito férteis e a rotação de material funciona em pleno. 

Dá um certo dó arrumar conjuntos e vestidinhos de menina, não só porque foram usados pouquíssimas vezes, mas essencialmente por saber que não vou vesti-los de novo. Não nos vamos desfazer de nada, porque além da rotação mencionada, ainda quero ver também os sobrinhos muito pipocas!

A ver vamos é como, quando e se posso ainda ser eu a tratar de alguma coisa... e deixar de ter a casa em estado de sítio. Terá que ser com muita calma, em último caso fecha-se a porta do escritório... Antes de engravidar passa-se a vida a pensar no bom que é preparar a chegada de um bebé, senti-lo a crescer. Depois o tempo passa, engole-nos, surgem imprevistos e stresses e nem se goza em pleno o estado de graça...Como dizia à minha prima quando estava grávida dos gémeos e essa realidade a invadia, à medida de que se apercebia do que a esperava, estando a viver numa aldeia no meio de nenhures, o importante é ao final de cada dia sentirmo-nos abençoadas.






Sem comentários: