Lilypie Joana

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Diogo

Lilypie Third Birthday tickers

segunda-feira, 17 de junho de 2013

3 semanas, a caminho das 4 - Diogo e Joana

Na passada 5ª feira, 13.Junho, o Diogo fez 3 semanas.
Está muito mais desperto e acorda facilmente para o leite, nos últimos dias até o faz por ele, a berrar a plenos pulmões. Tem sido mesmo um relógio, sobretudo de noite, raramente abdicando do intervalo de 3h, quando não é menos tempo. Praticamente deixámos de ter o trabalho de o despertar.
Ou seja a estratégia do suplemento à noite, para aconchegar bem o estômago, ajudou a ter intervalos tranquilos, no entanto não deixa de impor a sua vontade.
 
Continua muito comilão e este apetite revelou-se no peso. Na 3ª feira fomos pesá-lo à Lapa e ficámos muito contentes: 2.760 kg, aumentou 310 gr. em 1 semana. Na 6ª fomos à consulta do recém-nascido no centro de saúde e já estava com 2.900 kg! Muito bom! Estamos tranquilos com esta franca evolução e na próxima semana confirmaremos com a pediatra se são possíveis, desde que o bebé queira, intervalos maiores entre leitinhos.
 
Tem sido calminho, chora apenas para se queixar de algo que incomoda, fome, fralda suja (para nós é novo, à Joana era indiferente), soninho, cólicas (porque come demais), arrotinhos entalados... Fora isso dorme ou fica desperto muito tranquilo.

Adora o banho, fica muito relaxado e depois dorme profundamente;

Gosta de chucha moderadamente, quase só para adormecer. Para enganar a fome resulta por pouco tempo!

Na 5ª feira demos o 1º mini passeio, até ao café e já se nota que vai mais direitinho no coque.
 
 
Aos poucos e com a recuperação da Joana e o regresso à escola, sentimo-nos a criar uma nova rotina e equilíbrio e finalmente respiramos fundo.
O facto de ser o 2º filho dá-nos muito mais tranquilidade e satisfação ao perceber melhor as suas necessidades e o que quer a casa momento (dormir, mamar,...)
Felizes!
 
Conseguimos finalmente ir jantar fora a dois - jantar em falta desde a semana em que o Diogo resolveu nascer - e soube mesmo bem desanuviar e esquecer os dias em que andámos às cabeçadas pelas preocupações e cansaço acumulados - não foi nada fácil!
 
A Joana está impecável com o mano, superando qualquer expectativa e tendo passado a doença, não tão exigente connosco. Já percebeu que não lhe rouba o lugar, já o encaixou na sua nova rotina e na família e isso também me faz sentir incrivelmente bem. Tenho a certeza de que vão ser sempre grandes amigos.
Quer ajudar nos cuidados, quando chora preocupa-se com o motivo, pergunta se já são horas de comer, sugere uma gota de aero-om na chucha, faz festas e diz "oh coitadinho". Quando nos vê ocupados ou simplesmente sentados, vai brincando sozinha - quase inédito.
Desfaz-se em mimos e beijinhos. Emociono-me muitas vezes com estes carinhos, assim vale mesmo a pena criar uma família!



Sem comentários: